viagens category image

Carnaval em Arraial do Cabo


17.fev.16 | 15 Comentários

Há muitos anos atrás, eu sempre passava o Carnaval na Região dos Lagos. O tempo passou e a vida mudou e eu acabei me distanciando do prazer que sempre foi viajar. Eu sempre amei colocar o pé na estrada e conhecer novos lugares me fascina. A oportunidade de fugir, nem que seja só um pouquinho da vida real me encanta demais. E por isso, quando meu pai me convidou para passar o Carnaval em Arraial do Cabo eu não pensei duas vezes. Eu já havia visitado a cidade duas vezes, anteriormente, a primeira quando eu era bem novinha, mas numa época chuvosa, lá pra meados de julho e outra vez, mais recente, em um bate e volta para procurar a casa que ficaríamos no Carnaval.

IMG_20160208_070102

Depois de tudo acertado, era só expectativas e quando finalmente chegou a hora, eu não me continha em mim. Eu viajei com alguns familiares. E viajar em grupo é sempre uma experiência confusa. Saber lidar e manobrar certas situações nem sempre é fácil, mas no fim, se a convivência não der certo, é só fazer ouvido de mercador.

Eu não vou dizer que essa viagem foi tudo o que eu esperava e que fiquei super feliz com ela, a minha tristeza começou bem antes de viajar, pois afinal, eu não queria ficar 6h em um trânsito caótico, sem conforto e ouvindo reclamações e grosserias, queria ter podido descansar e aproveitar mais, sem pensar na tensão que pairava no ar, mas eu costumo dizer que até as experiências ruins são boas, afinal se não vale como experiência boa, pelo menos vale de lição. E uma das lições que eu aprendi na viagem, foi definitivamente “melhor sozinha, do que mal acompanhada”. Quando o ano virou e eu tomei a decisão de incluir mais viagens na minha vida, eu comecei a perceber que viajar sozinha não é tão ruim quanto parece e que pode até ser uma experiência maravilhosa. E eu confesso que toda vez que eu desfaço as malas, já desfaço com o desejo de refazê-la. Fugir da realidade cruel, nem que seja por alguns momentos é muito bom.

Mas voltando ao Carnaval, eu fui na sexta-feira e chegamos no sábado de manhã, como estávamos muito cansados, foi um dia perdido, praticamente, então eu aproveitei para organizar algumas coisas e me instalar legal na casa. No domingo tentamos ir à praia, visitamos a Prainha e confesso que apesar de apertada e cheia, foi a praia que eu mais gostei. A água geladíssima, mas limpinha e cristalina, sem nenhuma onda, muito bom para quem tem crianças. Como era domingo de Carnaval, a cidade estava lotada, então é praticamente impossível chegar à praia 12h e achar um lugar bom para se instalar. E era isso o que queríamos ~ risos. Como a experiência na Prainha não deu certo, decidimos migrar para a Praia Grande ~ praia que eu sempre tive certo preconceito por causa das ondas quilométricas. Eu não sou nenhuma Ariel, com criança, aí mesmo que quero fugir de mares agitados, então eu esperei todo mundo chegar no local combinado e fui para casa.

Na segunda-feira de manhã, eu voltei ao Rio para buscar uma amiga que estava vindo de Mato Grosso do Sul e acabei ficando no Rio até terça-feira. Eu assisti o desfile com minha tia e alguns amigos e foi maravilhoso, muito divertido, não me arrependi de ter ido para lá. E voltei para Arraial na terça-feira à tarde. Como chegamos quase no fim da tarde, aproveitamos para ver o pôr-do-sol na Praia Grande e eu fui crente achando que conseguiria ficar pelo menos na beirinha da água, mas me enganei, a água estava tão gelada que podíamos ver as pedras de gelo saindo do mar. Surreal!

DSCN0202

Na quarta-feira, eu aproveitei que a cidade estava mais calma e fui até à Praia dos Anjos, que apesar de tranquila, eu não gostei muito, o mar estava com bastante alga e confesso que isso me incomodou um pouco. Talvez por que eu já estava estressada. Mas foi divertido. Minha filha e irmã se divertiram bastante e isso pra mim valeu. Mas no final do dia eu acabei ficando muito doente e só consegui descansar o resto do dia e quinta-feira. O pessoal que foi comigo, havia combinado de ficar na casa até domingo, mas eu já estava morrendo de saudades de casa e minha irmã também, minha filha estava começando a ficar enjoada e decidimos vir embora antes. Comprei duas passagens de volta para o Rio de Janeiro na sexta-feira, para às 15:40, o ônibus fez duas paradas, a primeira em Cabo Frio e a segunda em São Pedro da Aldeia e foi assim que nossa viagem chegou ao fim. Nós chegamos no Rio 19h47 e pagamos R$ 150 nas duas passagens. Eu achei a passagem mais cara para Arraial do Cabo do que para Búzios, mas pode ter sido por causa do feriado também.

IMG_20160216_101829

Praia dos Anjos

A casa que ficamos ficava duas ruas atrás da Praia Grande o que foi bem legal, porque podíamos passear na Orla da praia e ver o pôr-do-sol sempre que quissemos. O bom foi que comemos muito açaí, Clarinha experimentou pela primeira vez e gostou bastante e que eu peguei uma cor tão bonita que não preciso ir à praia tão cedo.

IMG_20160207_193354

E como foi o Carnaval de vocês? Se divertiram bastante? Me contem tudo!

Beijos

maternidade category image

#EspecialVerão – Crianças na praia: Cuidados Básicos


11.jan.16 | Nenhum Comentário

DSCN0426

Oi galera, como estão? Como foi o final de semana de vocês? Espero que tenha sido tranquilo. Hoje começa aqui no blog, o #EspecialVerão o especial consistirá em uma série de posts sobre o que fazer, ver, comer, quais cuidados tomar nesse verão. E o primeiro capítulo desse especial é para as mamães que adoram uma praia e não querem deixar a cria em casa.

O pediatra da Clarinha, quando ela completou 04 meses, disse que poderíamos ir à praia, desde que eu tomasse os cuidados necessários. Minha mãe gosta muito de praia e sempre me levou junto com meus irmãos, desde muito novinhos. Eu sou fã de praia, mas não para tomar sol, gosto mais de passear, tirar fotos, meditar. Minha mãe gosta mesmo é de pegar sol ~ risos. E por isso, que quando eu disse a ela que iria à praia com a Clara ~ quando ela completou 06 meses ~ ela surtou, falou que eu era doida, que o Sol era muito forte para ela e etc. Mas acabou que quando chegamos lá, foi só diversão. Se você quer levar os pimpolhos para se divertir na praia também, presta atenção nessas dicas.

Atenção redobrada

Crianças, na maioria dos casos são sempre muito agitadas e curiosas, então é preciso ter atenção redobrada com tudo o que está à volta, para que eles não levem à boca objetos que possam engolir, não comam areia e atenção aos pészinhos, para que eles não pisem em nenhum objeto cortante.

Identificação

Se o seu filho for maiorzinho, é legal colocar nele uma pulseirinha de identificação, com o nome da criança, o seu nome e telefone para contato.

Hidratação

É muito importante levar bastante água filtrada para a criança beber enquanto se diverte. Não dá para esquecer a hidratação, ainda mais em um calor desses. É legal também levar suquinhos, caso a criança se recuse a beber água, pode ser mais gostoso. Mas alterne, a criança precisa de água. Eu levei suco de uva e de laranja e foi a primeira vez que a Clara tomou, ela adorou, mas depois ficou com sede e bebeu água e mamou o peito.

Horários

Prestar atenção no horário é importantíssimo para a saúde da criança. Evite horários de picos e aproveite bastante o sol da manhã ~ até umas 10h ~ e o sol da tarde ~ a partir das 16h.

Toalhas, fraldas, roupas

Para maior confortabilidade, leve mais de uma manta e uma muda de roupa, sabemos o quanto crianças são imprevisíveis. E não se esqueça da toalhinha para secar a criança e uma para aquecer.

Chapéu/Guarda-Sol/Piscina

E por fim, mas não menos importante, não esqueça um chapéuzinho para proteger o rosto da criança e um guarda-sol, para fazer sombrinha. Se você puder, leve uma piscina também para a criança, que vai ser diversão garantida. A da Clara eu consegui dobrar e colocar dentro da mochila dela. Custou R$ 13 e eu comprei na Americanas.

E não pode esquecer a DIVERSÃO é claro. Esse é um programa de família que pode ser extremamente prazeroso. A Clarinha adorou brincar na água, colocar as mãos e os pés na areia e tirou até uma sonequinha na sombrinha com aquele vento tão delicioso.

E vocês, já foram à praia com os bebês? Me contem como foi a experiência de vocês.

Beijos!

ME SIGA NO INSTAGRAM @CAMISANTOSBLOG